quarta-feira, 19 de março de 2008

Pagano Sobrinho

O dia de amanhã ninguém usou.
Pode ser seu.

Nenhum comentário: