domingo, 6 de julho de 2008

Rita Apoena

A música foi a grande

decisão do homem

de abraçar o invisível.

Dançar é
acariciar
o vazio.

Um comentário:

Entre o Fascínio e o Pensamento disse...

Abraçar o invisível!! Perfeito!!
O que se não toca...

Bjo, Rick! =)